Nas Escolas

gamerama_nasescolas

Aulas de informática e de idiomas, todas as escolas já têm. E aulas de jogos? Além de ser um diferencial de promoção das atividades criativas promovidas pela instituição de ensino, a satisfação dos alunos em atuar de modo científico será percebido pelos pais e responsáveis como fundamental para conquistas posteriores, em um mercado de trabalho em constante mudança.

As modalidades Workshow e Workshock são voltadas para alunos com idade entre 15 e 20 anos. O participante é estimulado de diferentes formas, ao mesmo tempo em que aprende conceitos e metodologia para a criação de jogos de forma lúdica e divertida, mergulhando no multiverso dos games.

Motivação para a aprendizagem:

Alunos que jogam aprendem a solucionar problemas de modo envolvente e emocional. Jogadores são naturalmente motivados e buscam vencer desafios com perseverança.

Aprendizagem através de jogos:

O ato de produzir jogos é ainda mais potente como atividade educativa do que o ato de jogar, pois as competências esperadas pelos professores são desenvolvidas previamente e em conjunto, já na realização da obra, e não somente na atuação direcionada por produtos já existentes.

Trabalho em equipe:

O Gamerama é determinado por uma produção coletiva, nunca individualizada e solitária.

Postura ativa:

Os alunos ficam motivados em participar com suas ideias e avaliações sistemáticas, construindo relações e estabelecendo diálogos para que o projeto seja concluído com sucesso. O jogo como produto é fruto de um jogo como processo. Pensar no processo de modo ativo faz o aluno reconhecer seus talentos e investir em acessos de aprofundamento, para garantir que seu projeto seja o mais interessante possível.

 

Modalidade

Como funciona?

Duração

Para quem?

WORKSHOW

Oficina de produção de jogos analógicos. Os participantes aprendem a criar e desenvolver jogos de dados, cartas e tabuleiros, colaborativamente, baseados em teoria expositiva e orientados por práticas de integração.

8 horas:

em dois dias ou
em um único dia.

Alunos das redes pública e privada ou de instituições que oferecem atividades extra curriculares, com idade entre 15 e 20 anos.

WORKSHOCK

Oficina de produção de jogos analógicos e digitais. O participante terá especial contato com a teoria da criação e desenvolvimento de jogos eletrônicos a partir de protótipos. Organizados em quartetos de funções específicas, os participantes irão implementar um jogo eletrônico de maior complexidade, além de jogos de dados, cartas e tabuleiros.

16 horas:

dividias em três dias.

As modalidades tem como conteúdo e aplicação de metodologia as seguinte prioridades:

  • Conceituação
  • Contextualização
  • Interação e Iteração
  • Regras por restrições
  • Padrões de demanda
  • Inovação e originalidade