Sobre Regras:

1. Regras devem ser consistentes:
Regras não podem se contradizer, se determinada ação favorece o jogador não deve existir outra regra que diga o contrário. A exceção deve estar contida dentro da regra original.

2. Regras devem priorizar a habilidade do personagem e não fatores randômicos:
Jogos baseados em pura sorte frustram o jogador que não sente estar aprendendo nada.

3. Regras devem evitar estagnação:
As regras devem favorecer a evolução do jogo e do jogador. O sistema do jogo deve prever regras para a evolução do jogo como a inserção de novos itens ou variação dos antigos.

4. Regras devem ser naturais e possuir peso e ritmo corretos:
Regras devem seguir a ordem natural dos acontecimentos imitando o mundo real. Ex: Primeiro verifica-se o golpe acertou e caso haja um sucesso só então o dano desse ataque é calculado.

5. Regras devem ser simplificadas, evitando trivialidades:
Regras não precisam descrever o funcionamento do mundo de maneira real, a menos que esse seja o propósito do jogo, detalhes devem ser removidos em beneficio da fluidez do jogo. Para se verificar se o disparo de uma flecha, em condições normais de jogo, acertou poucas ações devem ser executadas, por exemplo: um único rolar de dados, ao invés de se calcular a velocidade do vento, a pressão atmosférica, considerar o material de confecção da flecha e a aerodinâmica da ponta da flecha.

6. Regras devem permitir que a dificuldade seja ajustável:
O jogador deve decidir se quer jogar o jogo mais fácil ou mais difícil. (discordo, porque acredito no generated flow)

7. Regras devem fazer o Jogo ser justo:
Regras não devem favorecer a ninguém a menos que haja uma razão para isso.

8. Regras devem fornecer recursos equivalentes aos jogadores:
Em jogos em que os jogadores podem escolher seus avatares estes devem ter habilidades diferentes porem equivalentes.

One thought on “Sobre Regras:

Comments are closed.