Dicas de um Game Designer para Game Designers

Dica do amigo e ukulelê master Ricardo Artur, Jordan Mechner, o excepcional game designer de jogos como Karateka e Prince of Persia lista as seguintes dicas para um bom trabalho de design:

  1. Faça um protótipo e teste os elementos chave do seu jogo o mais cedo possível.
  2. Construa o jogo em  passos incrementais: não faça grandes documentos de projeto.
  3. Conforme avança, melhore o que está forte e corte o que está fraco.
  4. Esteja aberto ao inesperado: faça o máximo com propriedades emergentes
  5. Esteja preparado para vender o seu projeto a cada estágio ao longo do caminho.
  6. É mais difícil vender uma idéia original do que uma sequência.
  7. Quanto maiores equipes e orçamentos, maior a pressão para manter-se nos prazos.
  8. Não invista em um sistema de desenvolvimento excessivamente grandioso.
  9. Faça o jogador sempre ter um objetivo (e saber dele).
  10. Dê ao  jogador constante e claro retorno do quão perto ou distante está do objetivo.
  11. A história deve suportar a jogabilidade, não a suplantar.
  12. O momento quando o jogo é jogado pela primeira vez é o momento da verdade. Não se surpreenda se ele não for tão divertido quanto esperado.
  13. Algumas vezes um truque barato é melhor que um mais caro.
  14. Ouça a voz da crítica: ela está sempre certa (você só precisa saber de que forma).
  15. Sua visão original não é sagrada. É só um rascunho.
  16. Não tema considerar GRANDES mudanças.
  17. Quando você descobrir qual é o coração do jogo, proteja isso com sua vida.
  18. Quanto mais você corta, nunca é suficiente.
  19. Coloque seu ego de lado.
  20. Ninguém sabe o que irá suceder.

(Jordan Mechner, Tips for Game Designers, 1996)

Aprendizado e conhecimento. Eis a busca.